Skip to content

Falando em Mulheres

8 de março de 2012

A mulher passou por mudanças estéticas no decorrer dos séculos, sempre seguindo as tendências da sua época e levando em conta fatores políticos, religiosos e culturais.

Século VIII 

No século VIII elas eram as gordinhas,  como a igreja era muito poderosa, as mulheres seguiam esse padrão numa alusão à gravidez lembrando a virgem Maria.

Século XV

No século XV as gordinhas ainda estavam na moda mas agora por outros motivos. No renascimento, período que sucede a idade média onde ocorreu a peste negra que devastou grande parte da Europa, um corpo mais robusto era sinônimo de saúde, essas gordinhas renascentistas eram mais sexy.

Século XVII

Dois séculos posteriores ao renascimento a moda passa ser cinturas finas, o uso de espartilhos era muito comum e algumas mulheres até ousavam fazer cirurgias para remover a última costela. O corpo com formas frágeis era a grande tendência da época e a cintura perfeita tinha apenas 40 cm.

Anos 20

As mulheres decidiram por um fim nos espartilhos. Usavam faixas para deixar os seios achatados e em proporção com os quadris.

Anos 40

 A segunda Guerra mundial exigiu força de trabalho das mulheres, portanto o padrão dessa época são mulheres com ombros largos. As chamadas mulheres machos.

Anos 50

Em forma de celebração à vida devido aos horrores da guerra, as formas priorizadas são de cinturas mais finas e curvas.

Anos 60

As mulheres dos anos 60 desejam ser magras e ter traços de bonecas.
Buscam a juventude eterna, foi nessa época que se iniciou o movimento hippie. Também era moda um corpo sem curva e seios pequenos.

Anos 80

O corpo sarado agora é a nova tendência, como uma forma de enfrentar os homens no mercado de trabalho e se defender da violência. Os homens desejam mulheres com músculos simbolizando a luta contra a AIDS que tornava os soropositivos muito magros.

Final dos anos 80

O retorno do padrão de beleza clássico, mulheres belas, corpo com aparência saudável e com curvas.

Anos 90 e 2000

A moda é ser magra e ter seios grandes.

Nota: o número de casos de transtornos alimentares aumenta muito em consequência desse padrão de beleza.

As mulheres vivem em metamorfose.  Esse é o retrato perfeito da sua posição na sociedade, elas alcançam patamares mais altos todos os dias e mesmo assim não perdem a beleza e o charme feminino.

8 de março – dia Internacional da Mulher, parabéns para as donas de casa, médicas, jornalistas, engenheiras, motoristas, pilotas, atletas, musicistas, políticas e tantas outras mulheres que fazem a diferença nesse mundo.

Carolina Yasuda

From → Diversidades

2 Comentários
  1. Danny permalink

    Muito bom post! O padrão de beleza sempre mudou e vai continuar mudando. Em cada lugar é um padrão. Parabens a nós mulheres que apesar de tudo continuamos firmes e fortes em busca de nossos direitos! :)

  2. Obrigada Danny!

    Vamos aproveitar essa evolução das mulheres para investir no externo (beleza) e no nosso conteúdo também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: